Postagens

Por mais grandes quedas nos moldes das duas que 2018 emplacou

Posteriormente ao usufruto de parte das crônicas evidências da competência de Lula para ingressar na população carcerária, a sobrevida financeira da região de residência de João de Deus para onde seus poderes mediúnicos atraíam turistas além dos limites pátrios encontrou a necessária liberdade de negativas repercussões a longo prazo da tolerância em nome da comodidade nesse nicho da vida coletiva aos crimes para cuja prática o médico espiritual aproveitava suas habilidades. Todo cuidado possível é válido para impedir que essas feras se levantem e outras continuem de pé, pois andam à espreita defensores de seu bem-estar indiferentes aos clamores para que as penas impactem o senso de humanidade dos infratores.

Enraizou-se nas revelaçöes que cabiam na pauta do programa "Conversa com Bial", da TV Globo, e em relatos preliminares ao jornal O Globo uma ampla corrente de busca por clientes femininas de Joáo de Deus da responsabilização do curandeiro pelas agressões à dignidade ínt…

ARA San Juan: as respostas a serem trazidas a tona agora

Finalmente os familiares dos 44 tripulantes do submarino militar e todo o público argentino que deles se compadecera estão inteirados de sua localização final após pouco mais de um ano da perda de contato com o equipamento pelos supervisores de seu planejado trajeto seguida de prejuízos irreparáveis àquelas vidas. Da demanda de parentes pelo resgate à superfície aquática das sobras do veículo e dos restantes vestígios das vítimas para consecutiva análise em terra firme o governp é permitido escapar pela falta de recursos tecnológicos para missões desse porte. Pelas imagens captadas pelo barco privado autor da descoberta a trupe do presidente Mauricio Macri, entretanto, é chamada a decodificar as circunstâncias das quais a catástrofe foi produto para identificar os pontos em que falharam junto com o governo anterior na resposta às necessidades do aparato responsável pela segurança nacional, além dos outros serviços públicos.

O que nem amostras da frota naval e aerea de países como Bras…

Outro país amigo de Cuba com estrutura teórica popular para virar ex

Dentro do próprio continente onde se localiza, parece começar a se fechar o cerco migratório ao Congo. Muitos residentes nessas terras tém se privilegiado podendo evadir-se dos efeitos dos caprichos do presidente Denis Sassou Nguesso e seus parceiros internos e exteriores sobre a harmonia populacional. Ao mesmo tempo em que representantes do mundo desenvolvido se acanham em fomentar economicamente e pelos métodos diplomáticos uma aproximação do sistema governamental congolês com a democracia, talvez por causa da estabilidade que o sustento desse estado de coisas dá aos negócios deles nesse solo, Cuba segue tendo na cúpula regente do Estado africano uma séria parceira no tipo de intercâmbio de favores para o qual deixa de estar disponível ao Brasil. E, não importa quando puder se realizar, a libertação dos congoleses quanto a seu cativeiro autóctone dispõe de ideias com esta origem para seu transcurso em caminhos justos.

Terminou sem previsões de retorno con o florescer de novembro a …

Desvio com comprovado risco

Este país é uma parcela da parte do globo onde, como outros serviços a serem oferecidos a toda a população sem considerar-se o poder econômico de cada indivíduo, o enfrentamento do crime demanda, antes de tudo, uma séria vontade pelos trabalhadores de terem da sociedade o reconhecimento do bem que lhe fazem, negado pelos patrões. Há mais de um mês, porém, interesses extraoficiais achacados durante o expediente de órgãos responsáveis pela segurança pública e a justiça penal colocaram grupos de policiais mineiros e paulistas num mútuo antagonismo com fatal desfecho para um dos agentes fora de serviço e um dos cidadãos comuns que convocaram a empreitada obscura.

Posteriormente ao atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro, passou-se um mês e quase duas semanas até a cidade mineira de Juiz de Fora voltar a abrigar outro episódio criminal cativante para as preocupaçöes cidadãs dos brasileiros e dos residentes do exterior de nosso território que aproveitam a ausência no mundo virtu…

A maioria escolheu um novo caminho, mas não para por aí!

O comando político do país durante os quatro anos que há pela frente terá um perfil ligado como nunca antes à ânsia de uma maioria de eleitores por competência e honestidade na coleta e emprego dos recursos em espécie obtidos de todos os brasileiros com destino em serviços que se mantêm úteis independentemente da acessibilidade para cada indivíduo dos recursos concretos e abstratos favoráveis ao alcance e sustento do potencial para via mercado obter as benfeitorias. Após sua primeira derrota eleitoral em 16 anos, o PT, contudo, segue numa confortável posição para reaver a crença popular na benignidade do mofado regime através do que Jair Bolsonaro não puder, nessa fase de transição e após pôr de vez a mão na faixa presidencial, resolver entre as abusivas atitudes dele mesmo e de seus partidários colaterais a inovadoras propostas de gestão a serem implementadas pelo movimento.

Tal como cabe aos alvos, vimos o quão a vontade da maioria de nós pôde abalar a fé de mantenedores da velha po…

Projeto estadual intencionalmente mal iniciado e inconcluso por guerra jurídica

Enquanto a cadeira presidencial é disputada sob certezas de alguma mudança em relação ao perfil atual de alcance do cargo, o prognóstico para nosso governo regional é de mais quatro anos sob o comando de Reinaldo Azambuja. Com uma dominante propensão a acertar, a tendência de ação de grande parte do eleitorado sul-matogrossense sinaliza alongamento do prazo que o mandatário terá viável para, por um caminho à margem da lei construído em parceria com uma parte da própria justiça estadual que o tucano abduziu na rota de seus interesses, concluir a edificação do Aquário do Pantanal, deixado ao léu após ser pivô de indecorosos conchavos desde a gestão antecedente que o idealizara.

Neste ano eleitoral a liderança do Executivo estadual recobrou a vontade de retomar as obras no futuro centro de pesquisa e ponto turístico após três anos mantendo esses trabalhos fora do conjunto de prioridades tanto atreladas ao bem comum quanto inerentes a aspirações pessoais. Guiado desde o começo para inter…

Entre o caminho para o regresso e uma duvidosa via para a mudança

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad disputaram a maior parte dos votos, sem ter nenhum alcançado uma plena maioria frente ao outro e os candidatos minoritários. Votos para impedir a volta do PT e corrigir com uma precaução que angarie suporte popular as nódoas deixadas pelo longo domínio do movimento na sociedade e nas instituições universalmente indispensáveis a ela não disponibilizaram-se em nível suficiente para nos guiar adiante de modo que suplantemos esse cenário de enganação e contenda.

Graças a um esperto uso de sua obrigatoriedade para quem não atende aos requisitos físicos e psíquicos para uma dispensa oficialmente consentida, a mobilização popular fora dos padrões costumeiros para o dia da semana em que ocorreu abre caminho para uma incrivelmente nova feição da identidade de ocupantes de cadeiras na Câmara e sobretudo no Senado e da representatividade dos partidos a que os congressistas estão filiados. Manejadas por todo o povo, as urnas estipularam mesmo para caciques o retor…