Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

Cuidado com as fake news e com algumas ideias para sua contenção!

Reagindo ao mundial realçamento das preocupações quando a um fenômeno que sempre existiu, governos asiáticos anunciaram providências com potencial alcance maior que o necessário para surtir efeito sobre seus alvos. Em um dos casos a mobilização de opositores e da mídia permitiu o recuo da ameaça às condições para um servível trabalho vigilante e admoestador da comunicação jornalística sobre as atividades governamentais e mercantis com objetivo de defender o equilíbrio entre os fatores de ordenamento no convívio entre os indivíduos agrupados pela força de questões econômicas e/ou culturais em comum. Por aqui a aproximação de mais uma maratona de campanhas eleitorais é marcada por situações indicadoras dos vazios que continuam por preencher na repreensão do sem dúvida traiçoeiro repasse ingênyo ou deliberado de informações fabricadas ou distorcidas no mundo virtual por profissionais da comunicação ou quem lhes confere audiência. Similarmente aos países orientais cujos governos deram pas…

Irresponsáveis atitudes ante o passado e o futuro

Em menos de um mês governantes de duas capitais nordestinas tiveram para si voltadas as atenções da justiça em virtude do quanto de responsabilidade prática demonstravam para com o auxílio a pessoas de quem o progresso etário levou o vigor imprescindível à busca pela manutenção dos requisitos orgânicos a que se atrelam sua felicidade e sobrevivência. O Judiciário tem lançado mão de seu papel a fim de deter o progresso das atitudes das instituições rumo a um claro proveito da categoria social apenas como fonte de ganhos pessoais, o que igualaria os dirigentes a autores de crimes patrimoniais contra idosos acontecidos no fim do início do ano em Mato Grosso do Sul. O setor público não é lugar para absorver de uma parte da sociedade, tornando natural, atitudes ultrajantes a pessoas que atravessam uma fase da vida em que é desejável chegarem os praticantes!

Muito do que nosso país ainda tem de bom em termos de infraestrutura e ordenamento na produção e distribuição de riquezas ergueu-se ao…

Ordem de recuo ao incômodo e a ilusão

Enfim o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) situou seu modo de regrar as campanhas políticas no panorama contemporâneo das relações entre os candidatos e votantes. A popularidade das mídias sociais tem agora aval para ser usufruída pelos aspirantes como meio de busca por espaço nas urnas, validando outra bombástica determinação, o condicionamento da presença das tradicionais propagandas sonoras volantes nas vias públicas à dos pretendentes às pastas eletivas no interior dos veículos propagadores. Espera-nos um pleito mais acolhedor à demanda por um decente ordenamento ocupacional da linha de chegada, dependente de sempre importante adicional fator, a honra da justiça e do povo a seus específicos poderes de decidir quem a atingirá com base nas intenções e competências dos concorrentes.

Os avanços na inclusão digital nào excluem por inteiro a utilidade dos carros de som para os fornecedores de serviços públicos ou com fins lucrativos e indivíduos ou grupos passando por necessidades de con…