Escola indígena ganha premiação nacional

A Escola Municipal Indígena Tengatuí Marangatu, em Dourados, aqui no estado, ganhou o prêmio Menção Honrosa da Ação Educativa da Embrapa por causa do projeto Horta como Recurso Didático e Interdisciplinar. A instituição será premiada com um Kit Minibiblioteca e kits escolares compostos por mochila ecológica, estojo, caderno, agenda e mouse pad. Além disso, a professora que coordena o projeto e um(a) aluno(a) ganharão uma viagem para participar do evento de comemoração de 41 anos da Embrapa que ocorrerá em Brasília no dia 24 de abril.
Esses projetos de hortas em escolas indígenas e rurais são muito bons, pois os alunos aprendem a cultivar alimentos de maneira sustentàvel (sem pesticidas e fertilizantes industrializados) e repassam seus conhecimentos a parentes e amigos. E esses recursos que o colégio receberá fortalecerão ainda mais esse projeto e as demais atividades fornecidas aos estudantes.

Comentários