Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Estados Unidos

Inesperada, indomável e não tão bem driblada fúria da natureza nas Américas

O terceiro dia do mês passado foi convertido pela erupção do Vulcão de Fogo em um marco zero de recomeço da vida da fatia sobrevivente do grupo de habitantes da Guatemala que antes residia e tirava seu sustento das terras adjacentes a ele. Em mais um país americano a natureza, não se podendo confirmar nem devendo descartar se voluntariamente, eleva a complexidade dos testes dos saberes e vontades envolvidos nas tarefas desenvolvidas pelas instituições públicas em prol dos direitos comuns dos ocupantes racionais do território e dos deveres cabíveis tanto a estes quanto aos mandatários para uma justa disponibilidade das prerrogativas.

Há menos de um ano se iniciava nos Estados unidos um clima de atenção e temor alimentado pelo furacão Harvey e continuado em setembro através de Irma e Maria, que golpearam países insulares caribenhos. No México a luta da coletividade para sobreviver e começar do zero sua vida se deveu a fortes terremotos no mesmo último mês. E no recente dia 3 a montanha…

Atualizadas esperanças e precauções para se relacionar com os Estados Unidos

Imagem
Expirou em 20 de janeiro, momento da posse de Donald Trump como politicamente supremo líder de um dos maiores atores políticos e econômicos globais, a lacuna no atendimento ao aguardo por atos atrelados a seu temperamento iniciada no recente novembro, quando fora eleito contrariando até suas próprias espectativas. Neste encerrado primeiro semestre, o trabalho do empresário nada experiente em gestão pública (único caso do tipo na história americana, segundo a qual ele também é o mais velho presidente que os Estados Unidos já tiveram) traz um tanto de esperanças a sua pátria e o mundo de uma contenção do colapso de valiosos elementos da ordem ocidental, disputando espaço na composição de seu legado as controvérsias no uso do poder pelo ícone de cuja seriedade fornece pistas a abrangência das divisões entre apoiantes e opositores do republicano, detectável até no partido que integra.

O volumoso e denso pacote de mudanças socioeconômicas com cuja promessa Trump atraíra eleitores, mantiver…

Apenas um menos escandaloso que o outro em certas questões

Para que lado ir: Hillary Clinton ou Donald Trump? A maioria dos americanos que deliberadamente (não obrigados, como em nossa terra verde e amarela) se retiraram por um tempo dos compromissos domiciliares, laborais ou estudantis com destino aos pontos de votação no dia 7 do mês passado optaram por impulsionar o segundoo nome rumo à Casa Branca, a ser comandada nos seguintes quatro anos. A vitória fez o empresário reduzir o fervor de seus chocantes discursos, passando a anunciar um governo destinado a todos os habitantes dos Estados Unidos, lançando-se em um uso de suas visões políticas limitado ao seu cabimento na heterogênea e mutável sociedade humana. Na busca por posicionamentos assim está contida a raiz básica de um pretenso governo hábil para atenuar de verdade, ao contrário do que Barack Obama e muitos que antes sentaram na cadeira política mais imponente do mundo, alguns problemas manifestos dentre muitas pessoas, de modo a surpreender principalmente os partidários incondiciona…